A Rádio Rock renasce

images

Outro dia estava andando pelo setor de bebidas no Pão de Açúcar e me deparei com um logo familiar num rótulo de cerveja. Fiquei surpresa e resolvi escrever essa matéria.

Quem tem entre 25-30 anos lembra bem da Rádio Rock, que não chegava a ser uma Kiss FM com superclássicos, mas a 89.1 fm tocava rock (comercial e alguns clássicos).
E como toda marca, sofreu altos e baixos e até crise de identidade. Mudou seu estilo musical entre 2006-2012, assumindo um lado bem pop e comercial, os fãs das antigas estranharam muito quando sintonizavam a 89 e ouviam black music ou Justin Bieber. A estratégia era combater a queda de audiência, dando o que o público das outras rádios queria ouvir. Mas as outras rádios eram Jovem Pan e Metropolitana, assumidamente emissoras pop e para uma marca que se construiu no rock não fazia muito sentido, impactando no público.

Os fãs estranharam e protestaram, mas a direção comercial manteve o novo conceito musical. Assim a marca perdeu os antigos ouvintes e ganhou outros novos de faixa etária menor. Até seria uma boa estratégia para renovar o público, mas não parecia que a marca estava convencendo nem novos e nem os antigos. Faltava-lhe consistência, qual era a sua história? O jovem rebelde que virou adolescente pop?!

1Em 2011, uma parceria com a Nestlé renomeou a emissora para Fast 89. Começava outra fase que evidenciava mais uma crise de identidade misturada com manobra de interesse comercial. Vários programas foram rebatizados de Fast alguma coisa, e assim o ouvinte perdia de novo a ligação com a marca que havia sido construída. A audiência caiu e foi se recuperando até chegar a vice-liderança, quando algo surpreendente estava por vir.

A reviravolta aconteceu no fim de 2012, quando alguns sites noticiavam que a rádio ia acabar para dar lugar a uma programação religiosa. Como a rádio ia migrar para web, foram feitos alguns programas especiais com antigos locutores e músicas da fase rock com a finalidade de anunciar o novo canal online. O buzz e o sucesso foi tanto que os controladores negociaram com os religiosos e decidiu-se pelo renascimento da Rádio Rock.

Outra parceria com o UOL viabilizou o negócio e o conceito musical das antigas voltava, para felicidade dos saudosistas. Hoje a Rádio Rock se reafirmou e está na liderança do segmento rock, com novos programas, quadros, interação forte no meio online, e até dá nome a produtos. Muito mais que a perua com o adesivo do logo, a 89 virou cerveja: A cerveja Rock, presente em vários supermercados e o motivo pelo qual escrevi essa matéria.

Isso é o renascimento de uma marca.

 

Referência

Wikipedia

Compartilhe!
0