Cobertura Branding + Eventos

Os eventos já fazem parte de nossas vidas há um bom tempo, na verdade, desde que nascemos. Quando ficamos mais velhos eles se intensificam e se mostram presentes em uma grande variedade de formatos. O que antes eram festinhas de aniversário, na vida adulta se tornam festas, coquetéis de lançamento, eventos sociais, de negócio e muitos outros.

Mas a verdade que é nem sempre nos damos conta do real papel que eles exercem e do trabalho que existe por trás desses eventos para que eles sejam um verdadeiro sucesso.

Pensando nisso o InfoBranding realizou no último sábado dia 4 de Julho seu curso “Branding+Eventos: experiências que fortalecem sua marca” com os palestrantes Kdu Munis, da equipe do InfoBranding, Líbia Macedo, especialista em eventos e Patrizia Battaglia, gerência educacional e eventos da Beauty Fair.

2e

O curso foi um verdadeiro sucesso e fez de uma manhã fria em São Paulo, uma grande oportunidade para discutir e entender o papel dos eventos no mundo dos negócios.

Para abrir o curso Marcia Auriani contextualizou o branding de forma a evidenciar o por quê ele deve ser pauta constante no dia a dia da gestão, principalmente no cenário de um mundo globalizado onde propostas similares estão presentes em todos os lugares, expandindo o conceito de comoditização a novos patamares a cada dia.

3e

Em seguida Kdu Muniz apresentou o poder do branding quando relacionado ao mundo dos eventos, abordando de maneira dinâmica o tema “ Brand Experience em Eventos”, prendendo a atenção de todos e mostrando cases interessantes de sucesso.

A linha central da apresentação do Kdu foi a construção de histórias para proporcionar experiências que fiquem marcadas nas mentes e corações das pessoas. Apresentando o conceito de stroytelling (sobre o qual o InfoBranding realizou um curso em setembro de 2014) Kdu evidenciou a importância da construção de uma história alinhada ao propósito da marca para imergir o público participante em seus conceitos, de forma a ativar áreas do nosso cérebro que permitem conexões entre nossas ideias e experiências.

Kdu elencou ainda os principais objetivos de um evento baseado em brand experience: capturar momentos, criar histórias, evocar emoções e construir uma autêntica comunidade de marca. Isso através de três passos fundamentais: INTRIGAR, INSPIRAR e IMERGIR.

Na sequência Libia Macedo apresentou o olhar dos eventos sobre o branding, unindo teoria e prática na organização, planejamento e execução de um evento. Destacou que a cada dia que passa estamos saindo da era de “fazedores de eventos” para entrar e imergir na era dos “planejadores de evento” com foco no público, na otimização dos recursos, do retorno sobre o investimento e na experiência do consumidor.

A criatividade e experiência multidisciplinar dos profissionais que trabalham em eventos, embora não tenha sido explicitamente citada ao longo da apresentação, ganhou evidência para os ouvintes atentos. Afinal, em tempos nos quis atenção é o objetivo maior, planejar de forma estratégica o momento no qual o público estará imerso no universo de experiência da marca, esses dois itens assumem vital importância.

Para fechar o curso Patrizia Battaglia apresentou o case da Beauty Fair, que sintetizou os conceitos abordados por Kadu e Libia de forma a sustentar a aplicabilidade dos mesmos. Os fatores “entender” as necessidades do cliente e “planejar” o evento de forma a “atender” as necessidades das marcas que fazem parte do mesmo, “convertendo” investimentos em retorno foram abordados com maestria, levando à conclusão de que eventos podem ser a solução para estreitar relacionamentos entre marca e consumidor, pois proporcionam o contato “face to face” e a oportunidade de vivenciar a proposta da marca.

E comum às três apresentações tiveram o viés estratégico dos eventos no espectro de ações de uma marca, mas o principal que se pode extrair dos conceitos apresentados foi o foco no consumidor. Saber ouvir e entender suas necessidades é o que determina a linha tênue entre o sucesso e o fracasso de um evento.

O sucesso do curso evidenciou, sobretudo, o papel estratégico do branding nos diversos segmentos de negócios, nas suas mais diretas abordagens. Reforçou os esforços contínuos do InfoBranding em descomplicar o branding tornando-o acessível para os mais diversos profissionais que todos os dias, direta ou indiretamente, representam uma marca na sua atuação.

Afinal, branding é estratégia, é gestão, é construção, é experiência e sobretudo resultados capazes de alavancar e diferenciar uma marca das suas concorrentes.

1e

por Denise Cavalcanti e Gabriel Meneses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *