oportunidade para pensar diferente

Crise: uma oportunidade para pensar diferente

Não é velado que o país vive um período de crise política e econômica. Para todo lado que se olha é possível perceber que a situação não está fácil. Empresas estão fazendo de tudo para enxugar a operação e otimizar suas despesas e custos, o desemprego está aumentando, o consumo diminuindo e, cada vez mais, fica clara a necessidade de readequar estruturas existentes.

 O momento é preocupante, mas, por outro lado, configura-se como uma oportunidade para repensar a maneira como as coisas funcionam. Desconstruir paradigmas e criar formas de fazer mais e melhor, aproveitando ao máximo cada recurso disponível.

 

É chegada a hora de “pensar fora da caixa”!

A maneira como essa expressão é amplamente utilizada faz parecer que é muito fácil colocá-la em prática e tornar-se o herói da solução inovadora. Mas a realidade não é bem essa, pois não existe fórmula ou um passo a passo estruturado. Tudo depende de você, das pessoas envolvidas e da realidade vivenciada! São diversos fatores que interagem e influenciam a maneira como se lida com os problemas.

 Nesse sentido é importante estar preparado e agir de forma estratégica, capacitando-se para aplicar diferentes metodologias de forma a aproveitar o melhor de cada uma delas e adaptar-se as variações que podem acontecer.

 O design thinking surge então como um processo que possibilita  rever a forma como as coisas são feitas. Sua estruturação permite agir desde a percepção do problema até a entrega da solução, passando por etapas intermediárias de desenvolvimento e amadurecimento.

 Trata-se de um processo que convida as pessoas, em geral organizadas em equipes multidisciplinares, a olhar para os problemas, termo utilizado como referência para a demanda e/ou necessidade, de forma a questionar possibilidades múltiplas para solucioná-los; através do levantamento de dados, elaboração de diversas ideias, que depois serão testadas e validades para então serem apresentadas como viáveis. Tudo isso segundo um processo que promove o choque de diferentes pontos de vista, dando origem a uma abordagem mais rica, ágil e inovadora.

 A estrutura do design thinking valoriza a capacitação do indivíduo, incentivando-o a se atualizar constantemente e a aplicar os diversos conhecimentos em situações do dia a dia, agregando valor para os projetos.

Enquanto processo o design thinking agrega várias metodologias e não se restringe a uma área específica, podendo contribuir de maneira global nas organizações e carreiras de seus profissionais.

 Devido sua importância e poder de contribuição para a construção e gestão de marcas o InfoBranding preparou o curso “Branding & Design Thinking” com o objetivo de relacionar os dois temas e evidenciar as vantagens dessa integração.

Para conhecer o programa e os palestrantes acesse o link e inscreva-se:

 http://www.infobranding.com.br/cursos/branding-design-thinking/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *