Empatia: O ingrediente chave para uma marca pessoal de sucesso

A empatia é uma palavra bastante falada e não importa onde você esteja, não é raro ouvir: você precisa ser empático.

Por muito tempo, a empatia foi explicada como sendo a arte se colocar no lugar do outro, porém, ela vai muito além.

Mas, você sabe o que é empatia?

Costumo dizer que a empatia não é se colocar no lugar do outro, até porque você não pode ser a outra pessoa. Mas, isso não quer dizer que você não deva tentar entender como o outro pensa, ouvindo o que ele tem a dizer e sendo curiosa em aprender, sem fazer julgamentos.

A empatia é uma maneira de ampliar os seus limites e criar conexões. É conhecer o próximo, vivenciar as mesmas experiências e descobrir pontos em comum. Assim, você compreenderá os sentimentos de quem está próximo e orientará melhor as suas ações.

Como a empatia pode contribuir para a sua marca pessoal?

Agora, quando ouvir falar de empatia saberá que ela tem um significado muito mais amplo do que apenas se colocar no lugar do outro e, isso pode ajudar muito com a sua marca pessoal.

Os cientistas dizem que criamos empatia principalmente nos primeiros meses de vida, mas que ela está sendo desenvolvida a todo o momento. E fazer com que ela seja sempre nutrida ajuda você a se aproximar das pessoas, fazer com que elas se identifiquem com você de alguma forma e se torne uma referência. Eu sempre pratiquei empatia, desde bem pequena, vejo o quanto isso contribuiu positivamente para minha carreira.

Você conhece alguém que possui uma marca pessoal forte e que não é empática? Provavelmente não, e posso dizer isso pela minha experiência e observando que quanto mais empática eu sou, mais minha marca pessoal se torna mais forte.

Por isso, faça um teste! Faça da empatia um hábito e veja as mudanças que começaram a acontecer na sua vida.

Dicas para ser mais empática no seu dia a dia

Aprenda sobre pessoas desconhecidas

Conversar com as pessoas na fila, no ônibus ou em outros lugares improváveis, nada mais é do que alimentar a sua curiosidade pelo outro. Ao fazer isso se consegue uma aproximação, mas, para que haja a empatia é preciso respeitar.

Mais, do que ouvir você deve ser neutro, não julgue a opinião ou pensamento do outro, faça com que esse bate papo seja agradável. Sempre que possível converse com desconhecidos, eu acho muito bom poder conhecer pessoas nos lugares menos prováveis.

Descubra pontos em comum

Um grande erro que cometemos é olhar para as pessoas e querermos julgar, sem nem ao menos conhecer. Já pensou que em vez de fazer isso você poder ser mais empática, quebrando esse pré-conceito e tentando achar pontos em comum?

Vivencie a sua empatia

Se você realmente quer entender o outro, se colocando no lugar dele, que tal fazer as mesmas coisas? A empatia experimental consiste em compreender o outro de uma maneira prática.

Você pode fazer isso de diversas maneiras como, frequentando a igreja do outro, praticando um esporte radical que ele goste ou simplesmente indo a um restaurante que ele costuma frequentar.

Saiba ouvir e compartilhar

Se realmente quiser ser empática e entender o outro, antes de tudo aprenda a ouvir. Tudo o que for dito você deve prestar atenção e tentar entender o que a outra pessoa está sentindo. Porém, não fique somente como um ouvinte, demonstre os seus sentimentos e compartilhe as experiências.  

Lembre-se que a empatia só ocorre se ela for uma via de mão dupla, por isso, a importância de ouvir para entender o outro e trocar experiência.

Pratique a empatia em massa

Se está trabalhando a sua marca pessoal essa é uma dica fundamental. Já pensou que você pode ser empática com um grupo grande e não apenas com um indivíduo?

Se você busca entender a sua audiência e troca experiências com ela, pode ser empática com um grande grupo e promover mudanças sociais. Já parou para pensar no poder das redes sociais e o impacto que tem sobre as pessoas?

Tenha empatia com seus “inimigos”

Quando uso a palavra “inimigos” nesse caso, quero me referir a quem pensa diferente você. Pode ser uma colega de trabalho que nunca concorda com as suas ideias, uma empresa concorrente ou até mesmo uma vizinha.

Se você criar empatia conseguirá entender os motivos que a levaram a ser tão diferente de você e poderá entendê-la melhor. Dessa forma, se cria uma maneira de aproximação e de empatia. Se conseguir fazer isso, terá um inimigo a menos e fortalecerá a sua marca pessoal.


Jac Lopes: Especialista em Branding de produtos e de pessoas. Expert Top2YOU. Palestrante do tema: Sua Marca é Você! Carioca, marqueteira, mãe de um único filho e seu maior orgulho o Rafael. Curiosa e muito agregadora, amante de novas culturas e da inovação. Conhece o Brasil como ninguém, por dentro, pelas pessoas, já morou em 19 estados diferentes, de Norte a Sul do país.

Executiva com profundo conhecimento do varejo nacional e da cultura brasileira, morando em todas as regiões, desde o Sul ao Extremo Norte do país. “Posso afirmar poucos conhecem o Brasil sua gente e sua diversidade como eu conheço”.

Com grande talento para o networking tem experiência profissional em diversos segmentos como: farmacêutico, shopping center, moda, educação, franquias e serviços.

A habilidade para o capital relacional adquirido ao longo da carreira profissional fez com que mudasse 9 vezes de empresas em segmentos bem diferentes.

Especialista   em marketing tem cases de sucesso em branding no segmento farmacêutico com a NEOSALDINA, sabe aquele sorriso da Neosa? Aquele branding sensacional que está no produto até hoje? Nasceu em 1997 com uma equipe fantástica e a agência Artplan. Foi com esse primeiro case premiado, que o branding se tornou algo muito prazeroso.

Outros cases de sucesso em outros segmentos de mercado foram, por exemplo, a mudança da marca do Spoleto, rede de franquias de alimentação brasileira. Refazendo todo o branding da rede nasceu a frigideira como símbolo trazendo mais design e mais modernidade. No branding do Beleza Natural, maior rede de salões de beleza para mulheres negras e cacheadas no Brasil, os cachos tornaram-se referência para apresentar o design vibrante da marca.

Mestre em Gestão Empresarial pela EBAPE – FGV RJ, pós-graduada em Marketing pela ESPM e MBA pelo IBMEC é formada em Farmácia pela UFRJ – RJ.

Na área acadêmica é professora dos cursos de Pós-Graduação Online e presencial da FGV.

Muitas histórias de sucesso, muitos desafios, alguns bons fracassos, que levaram a bons aprendizados, muitos amigos e uma certeza:  você sempre pode fazer diferente e a diferença onde estiver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *