Entrevista: Tato Sernagiotto sobre Gestão de Comunidades

Cada vez mais existe uma nova perspectiva de como se relacionar, consumir, trabalhar, estudar e viver no mundo. O “ser” torna-se muito mais importante que o “ter”. As moedas de troca não serão apenas o dinheiro. Indivíduos aprendem a colaborar, cooperar e trabalhar em redes. Novos grupos (comunidades) estão surgindo, todos impulsionados pela identificação.

logo-roma-clubeUm super exemplo sobre o mundo em comunidades é essa entrevista com o Tato Sernagiotto, apresentador do programa Mestres da Bola e um dos moderadores do Roma Club São Paulo. Ele vai contar um pouco pra gente dessa comunidade (e paixão) que atravessou o oceano, mostrando que quando o interesse é comum entre um grupo, se chega aonde se quer! E foi isso que eles fizeram: se juntaram para formar um grupo de amantes do futebol (na verdade mais que isso: amantes de um clube de futebol ITALIANO).

##

IB: Porque escolheu a Roma para torcer? Como o clube te conquistou?

Em 2004, eu comprei duas camisas da Roma em uma loja, pois achei muito lindas (uma de cor bordô e outra preta). No mesmo ano, assisti a um jogo da Roma pela televisão. Ver aquela torcida, apaixonada e emocionada na Curva Sud (local do estádio Olímpico de Roma aonde fica a torcida organizada) mexeu muito comigo, e eu resolvi me tornar torcedor da Roma desde então.

IB: Conhece um pouco do marketing esportivo que o clube faz? Como classifica?

A Roma agora está encerrando um processo de reformulação. O ex-presidente Franco Sensi faleceu em 2008, e sua filha, Rosella Sensi assumiu o clube. Porém, cheio de dívidas, o clube teve de ser vendido para investidores norte-americanos em 2011. Thomas DiBenedetto, executivo que lidera este grupo de investidores, comprou 60% do clube, sendo que os outros 40% ainda pertencem à Unicredit (banco italiano). Depois disso, James Pallotta assumiu como presidente e desde então, reformulou desde o site do time (que agora tem uma versão decente em inglês) até o elenco do clube, contratando jogadores já renomados e promessas.

Classifico que esse processo de renovação foi de suma importância para o clube, conquistando muitos torcedores e um espaço maior no cenário do futebol italiano e mundial. E  também sabemos que lá fora eles sabem usar muito bem o marketing esportivo à favor do clube e dos patrocinadores. É bem visível que eles já fazem marketing com propósito de marca e de valor.

tato horizontal

IB: Sei que você criou um a comunidade (grupo) do clube. Se inspirou em algo que já existia para outro clube do mundo aqui no Brasil?

Na verdade, eu não criei este grupo. O Roma Club São Paulo foi criado pelo presidente Mario Antonio Turnaturi juntamente com um grupo de amigos, em meados de 2012. Eu já participava de encontros de descendentes italianos e torcedores da Roma para acompanhar tanto os jogos da seleção italiana, quanto os jogos da Roma. Então, o Gilles, amigo meu que já fazia parte do Roma Club São Paulo, me convidou para fazer parte deste grupo de torcedores. É comum que o envolvimento dos participantes da comunidade vão se tornando cada vez maiores. “Comprei” esta ideia!

IB: A iniciativa de criar uma comunidade do clube em São Paulo, como surgiu?

A iniciativa partiu do Mario, com a ideia de juntar torcedores da Roma que moram em São Paulo, para se encontrar, conversar sobre o time, acompanhar os jogos e torcer muito. Reunir pessoas com paixões e princípios semelhantes é sempre maravilhoso.

foto-roma-1

IB: Quais são as iniciativas propostas pela comunidade?

Nós procuramos manter o torcedor romanista informado sobre o time, seja pelo site, pelas redes sociais, ou mesmo nos nossos encontros. Com o crescimento do time da Roma cada vez mais iminente, a frequência desses encontros tem aumentado. Os encontros são um mistura de festa, troca de informações e muito contato!

IB: Qual o objetivo dessa comunidade?

O objetivo é encontrar e reunir o maior número de torcedores da Roma que moram em São Paulo e fazer com que eles se filiem ao clube, e mais que isso, frequentem os encontros em dias de jogos para fazer com que cada vez mais a torcida romanista esteja unida. Hoje, temos contato com diversos “Roma Clubs” ao redor do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *