Shake, shake e shake!

Como as marcas Bob´s e McDonald’s agitaram a internet

Eu amo muito tudo isso! Essa é a minha reação quando eu vejo esse buzz na internet agitar as redes sociais.

Tudo isso começou quando o McDonald’s anunciou na terça (13), seu mais polêmico lançamento: O MC SHAKE, milk-shake de Ovomaltine, que durante 57 anos foi um dos principais produtos do seu rival Bob´s.

Em seguida o Bob´s provocou o Mc, dizendo que o produto deles era um “Milk Fake”. (A provocação foi com a #milkfake)

Segundo o portal G1 e O Estado de S. Paulo, no que diz respeito à exclusividade do uso da marca, essa bebida será comercializada apenas no McDonald’s. (Entendam isso como a utilização do logotipo da Ovomaltine)

O Bob´s continuará vendendo o produto, a grande diferença é que a marca não poderá mais utilizar o Logo, já que não renovou a licença.

Esse post reforça que o Bob´s não vai deixar de vender a bebida, muitas pessoas entenderam que a marca deixaria de comercializá-lo.

O Bob´s não deveria dar essa “brecha” para um concorrente tão direto como o McDonald’s. O produto ajudou a marca ganhar relevância durante todos esses anos e as pessoas já estavam acostumadas com a associação das duas marcas.

A marca alegou que foi tudo planejado, já que suas pesquisas apontaram que os consumidores já conheciam a rede e também o seu famoso milk-shake. Ok, como eu não tenho acesso aos números, mantenho a minha opinião no que diz respeito a estratégia da marca: “Se eu fosse o Bob´s jamais deixaria essa brecha”

Analisando o primeiro post feito pelo Mc, conseguimos ter uma noção da agilidade na resposta e como as outras marcas se comportaram durante essas 24hs. Vale reforçar o alcance + engajamento das postagens, não vou colar aqui todos os comentários, vale investir 5 minutos de leitura para ver como as marcas interagiram com os fãs. 😉

As duas marcas estavam preparadas para interagir com cada um dos seus seguidores.

Existem milhares de comentários positivos e negativos, eu gosto mais das piadinhas que fazem disso uma grande brincadeira.

A grande questão é que as marcas que não estão na “briga”, sempre serão beneficiadas se souberem se comportar nesse situação. Se avaliarmos pelo alcance + engajamento, todas as páginas tiveram aumento de interação nas suas postagens.

 

“Chega de briga” disse a Philips na postagem de ontem. Percebam como esse buzz impacta positivamente na imagem da marca, eu estou aqui escrevendo sobre ela nesse momento. (Não estou recebendo nenhum jaba pra isso! rs)

Esse é o melhor exemplo que uma marca sem nenhuma relação com o setor pode aproveitar a onda para se beneficiar, parabéns social media da conta!

Com esse post encerramos o artigo e acredito que o principal momento já passou, agora quero saber como será a opinião no balcão de venda das duas marcas, ainda teremos um reflexo nas redes sociais sobre o gosto e aceitação de cada bebida.

Fala aí a sua opinião sobre o sabor do milk-shake e também sobre a estratégia das marcas, agora vou almoçar e tomar uma coca mesmo. 😉



Aandre-correa-2ndré Luis Corrêa

Sócio-Fundador e Diretor de Branding na Agência INSANE Marketing e Comunicação, idealizador do projeto AZ Das Marcas. Publicitário, Estrategista-Designer de Marcas, Pós-graduando em Comunicação Empresarial pela Universidade Metodista. Atual vice-presidente de Comunicação da AACP (Associação das Agências de Comunicação e Publicidade do ABC). Amante e estudioso pela construção/gestão de marcas, André possui diversos cursos de especialização focados em Branding e Design pela ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) e Belas Artes.

Blog / InstagramAZ das Marcas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *