Sindicato dos registradores gaúchos ancora sua profissionalização no modelo de gestão branding

Reinventar-se para sobreviver!

Esta afirmação tornou-se um verdadeiro mantra no cenário corporativo; mas não apenas nele.

Em junho do ano passado, o Sindicato dos Registradores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul (SINDIREGIS) iniciou um projeto pioneiro visando a sua profissionalização, através da implantação do modelo gestão de marca – Branding, sob responsabilidade técnica da Consultoria, João Hilgert Branding Conexões.

Profissionalizar uma entidade de classe, com base em metodologia corporativa num cenário tradicional exige, como ação primeira, o entendimento do impacto da respectiva proposta na própria categoria. Isso se dá em virtude do cenário e de conceitos tradicionais, que precisava convencer-sede que a inovação era determinante para a adequação da Entidade às mudanças sociais, e para a sua longevidade.Uma impactante quebra de paradigmas.

A visionária diretoria da Entidade, na figura de seu presidente, Carlos Fernando Reis, imediatamente começou a absorver e a implantar as mudanças necessárias, pois ao tornar-se uma “empresa”, com foco na gestão de sua marca, o SINDIREGIS passou a exigir de seus líderes e colaboradores um comportamento corporativo, com dedicação integral, mudando, significativamente, o status quo de até então.

Através dos módulos de Endobranding, iniciou-se o desenvolvimento da nova cultura organizacional, ancorada no DNA da Marca SINDIREGIS, adequando-se,os perfis profissionais dos quadros diretivos e de colaboradores, às exigências do respectivo modelo de gestão.

O cronograma do projeto está dividido em três etapas:

  • Primeira: pesquisa junto ao corpo diretivo, colaboradores e associados para imersão neste segmento e formatação do “produto” SINDIREGIS, e o criterioso processo de desenvolvimento da nova marca;
  • Segunda: Endobranding, apresentação da metodologia e do “produto” SINDIREGIS ao capital intelectual (já efetivadas);
  • Terceira: a atual etapa, que é o relacionamento da Marca SINDIREGIS com seus públicos, interno e externo.

CAPACITAÇÃO E INTERIORIZAÇÃO

Com o objetivo de proporcionar aos registradores uma profissionalização alinhada à metodologia implantada no Sindicado, para que os cartórios atuem, cada vez mais, com total eficiência, precisão, qualidade e organização, estão sendo desenvolvidos workshops, em todo o estado do Rio Grande do Sul, através de duas frentes, intituladas Capacitação e Interiorização.

A Capacitação, iniciada em março e estendendo-se até o final de novembro deste ano, percorrerá todo o Estado, através de encontros de trabalho em 10 cidades-sede, abrangendo os 497 municípios gaúchos: em três módulos sequenciais, os participantes – titulares e colaboradores dos cartórios- são introduzidos à metodologia Branding, desenvolvem atividades relacionadas ao Endobranding e, por fim, recebem uma imersão nas técnicas para o atendimento que encanta.

Já na Interiorização – um encontro mensal – também em cidades-pólo, o foco dos trabalhos reside na aproximação e interatividade dos associados da Entidade com a diretoria, dando ênfase às reivindicações da categoria e potencializando o relacionamento (o Sindicato vai ao encontro dos seus associados).

Tanto na Capacitação, como na Interiorização, o principal objetivo destas ações de marca, junto ao público interno, é o de tornar cada associado (titulares de cartórios) e seus colaboradores,verdadeiros Embaixadores da Marca SINDIREGIS, através da unificação da linguagem.

A campanha publicitária, que tem no vídeo institucional seu carro-chefe, já alinhada à nova gestão da marca, traz, como mote principal, a aproximação dos cartórios à sociedade: os mesmos estão presentes nas histórias das pessoas, do nascimento à morte. E esse relacionamento tem que ser próximo e caloroso, desfazendo, assim, a herança da frieza e do distanciamento destes estabelecimentos das vidas dos cidadãos. #cartoriosaoladodasociedade.

O organograma institucional foi adequado aos novos cargos, criados corporativamente, e as comissões, para as tratativas dos assuntos de interesse da classe, existentes até então apenas no Estatuto do Sindicato, foram devidamente reestruturadas e distribuídas entre coordenadorias específicas visando incrementar a “venda” do produto SINDIREGIS junto aos seus stakeholders.

 

3---SINDIREGIS-FOTO

SINDICATO DO FUTURO:

No XI Encontro Notarial e Registral, ocorrido nos dias 28 e 29 de abril deste ano, em Porto Alegre, o modelo do novo formato de sindicato foi amplamente debatido. Segundo o consultor negocial e sindical da Federação Brasileira dos Notários e Registradores (FEBRANOR), Biratã Giacomoni “a grande questão que temos de discutir neste momento, na atual conjuntura, é como as entidades sindicais vão sobreviver daqui para a frente”.

Já nas palavras da advogada Patrícia Manica Ortiz, da Unidade Jurídico-Sindical do Sistema FIERGS – CIERGS, “o Sindicato do Futuro deve ser cada vez mais atuante, com maior representatividade junto à categoria e forte atuação em conjunto com as instituições”; parabenizando o SINDIREGIS por se antecipar às mudanças necessárias.

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, em evento na sede da Entidade, no dia 19 de dezembro de 2016, já como parte da programação das ações que inauguram esta nova fase da gestão, congratulou o SINDIREGIS e argumentou que as informações apresentadas devem ser levadas a âmbito nacional: “não existe segurança pública sem o trabalho dos senhores que aqui estão. Portanto, é necessário que todo o país ouça o que foi trazido por nossos palestrantes hoje, para que saibam da real importância que a sua atribuição tem para a sociedade”.

O presidente do SINDIREGIS, Carlos Fernando Reis ressaltou a modernização pela qual o Sindicato vem passando, através de um modelo de gestão pioneiro que está sendo implementado desde 2016. “Nosso compromisso é fortalecer a representatividade junto à categoria, governo, instituições e sociedade. Com o Branding, o SINDIREGIS caminha para um novo momento e abraça a modernidade, potencializando os valores que o trouxeram até aqui”.

O momento é de profundas mudanças, com a disrupção acontecendo em todas as áreas. Neste novo modelo, o Sindicato do Futuro, terá que cada vez mais assumir o seu papel e se posicionar como o representante efetivo da categoria a qual representa. Deverá estar aparelhado com as ferramentas que o possibilitem a administrar cursos, a promover atividades sociais, a atuar com a autoridade que lhe é outorgada nas negociações coletivas, e nas interposições de ações.

O Sindicato do Futuro deverá estar capacitado para atuar com eficiência no cenário econômico, com os objetivos de contribuir para a alavancagem dos negócios e a diminuição dos custos, permitindo, assim, o equilíbrio financeiro. Deverá estar apto para analisar as conjunturas sócio-econômicas, e a dar suporte setorial para as ações junto às instituições e setores públicos, inclusive propondo legislações muito bem fundamentadas em estudos técnicos.Deverá engajar-se em causas sociais cumprindo sua fração de responsabilidade neste quesito.

E é nesse contexto que o Projeto Branding SINDIREGIS avança; contemplando todas as exigências da modernidade no respectivo segmento, capacitando-o sob a tônica máxima do profissionalismo corporativo, o que o permite assumir seu lugar de protagonista nas suas alçadas, com contribuição efetiva ao desenvolvimento da categoria e, consequentemente,do país.


João-Hilgert_foto

João Hilgert

Founder and Director na Consultoria Joao Hilgert Branding Conexões. EndobrandingEspecialist. joaohilgert.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *