Author

Priscilla Saldanha

Browsing

No mundo contemporâneo, gestão de marcas não se refere apenas às empresas, produtos e serviços, mas também a pessoas. Neste sentido, a importância do desenvolvimento de habilidades, de competências e de engajamento constrói o reconhecimento no mercado.

Como auxílio para o trabalho, objetiva-se com este estudo mostrar a importância das mídias sociais para atingir o maior número de pessoas e mostrar “quem somos” e o “que fazemos”, além de apresentar a opção da rede social Linkedin, que é pouco lembrada e usada pelos internautas, mas que possui papel fundamental no processo de construção de uma marca pessoal sólida e significativa.

É importante destacar que as plataformas digitais de sociabilização não possuem barreiras geográficas. É neste local que as pessoas conseguem expressar pensamentos e crenças na forma de conteúdo, além de ser um ambiente em que as pessoas estão mais propícias à receber informação, de todos os gêneros. Ao pensarmos em rede social, a plataforma do Facebook é top of mind, pois é onde se tem o maior número de amigos e contatos. Na plataforma, publica-se tudo sobre o dia a dia, pessoal e profissional.

Postar no Facebook virou situação rotineira, quase como escovar os dentes. Trabalha-se tão fortemente nesta plataforma, com atualizações diárias, publicações pessoais e participações em eventos, palestras e cursos que, muitas vezes, o internauta deixa passar a informação de que além dessa rede, existem outras opções de redes sociais, onde é possível explorar o perfil pessoal e trabalhá-lo com o foco no “Selfie Branding”.

Um exemplo é o Linkedin, uma plataforma criada com foco em network. A rede já atingiu mais de 15 milhões de usuários no Brasil, estando na terceira colocação no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e Índia. Desde 2003, seu ano de nascimento, busca aperfeiçoamento das ferramentas para aproximar e envolver os contatos. A rede, além de ajudar a realizar conexões, traz espaço para filtros, recomendações, exposição do currículo, além de um termômetro de “skills” que são preenchidos por amigos de rede social. É preciso entender que o LinkedIn é muito mais importate do que entrar em qualquer outra rede, quando o assunto é a gestão da marca pessoal. Existem pontos na plataformas que se utilizados, fazem total diferença no resultado final do processo de construção do “Selfie Branding”.

É importante que o usuário se relacione com extrema veracidade e mostre confiança as suas conexões. Além disso, a rede de contatos está ali não apenas para ser uma “estante”: é essencial cuidar da rede, sempre estabelecendo um posicionamento de acordo com os objetivos profissionais e pessoais. Estudar, pesquisar e entender mais a plataforma é prioridade para quem quer trabalhar a gestão da sua marca pessoal.

A partir dessa metodologia de estudo, que visa o melhor aproveitamento da plataforma do Linkedin, através da análise e do aprendizado de como utilizar as ferramentas que a mídia oferece, é possível visualizar uma grande mudança nas ações para o crescimento da carreira profissional e do trabalho efetivo de gestão de marca pessoal.

Compartilhe!
error0

Parafraseando meu amigo e professor de Branding, Daniel Padilha, vamos falar de coisa séria? Vamos falar de experiência de marca? Independente do país, estado ou região, a marca precisa ter o mesmo tom de voz, falar com sinergia e de acordo com o direcionamento global da empresa/marca. Isso se aplica a todas as situações e pontos de contato. Quanto mais coerente e direcionado for, mais a marca falará “uma só língua” e terá um único posicionamento.

“Experiências transcendem o simples ato da venda e compra, invadindo em definitivo o terreno dos valores intangíveis criados pela nossa marca. Valores que não estão relacionados à objetividade do produto e de suas características, mas sim às diferenças que promovemos na vida de cada cliente.” Eduardo Zugaib

A ação replicada hoje via Facebook, que está dando o que falar é um caso de total falta de foco e comunicação de marca com o mesmo tom de voz. Quem é a Samsung? Como ela se posiciona no mercado? Quando foi que vimos a marca “falar” desta forma?

Uma coisa é fato: Não é mais suficiente apenas atender as expectativas dos clientes momentaneamente. É preciso surpreender, encantar e deixar lembrança de marca. As marcas com boas experiências um dia também falham. Mas as marcas com excelentes experiências vencem e deixam legado!

Confira o vídeo da inauguração da loja em Campo dos Goytacazes e deixe a sua opinião.

Ação Samsung

Compartilhe!
error0

Quem falou que os países não fazem gestão de marca e não investem em publicidade?

A gestão de marca também chegou para as nações… e quem bobear ficará para trás! Acho até que esse assunto dá um ótimo artigo (lâmpada de ideias acendendo por aqui).

Mas voltando, o México aproveitou o fim da Copa para criar uma campanha com o objetivo de atrair o turismo para o local. Com o tema “04 motivos para relaxar no México até o próximo mundial”, o país investe em uma Fan Page super divertida (VisitMexico), interativa e engajada. Além de um site com todas as informações e detalhes sobre o país.mexico

 

Dentro das análises da notícia é bacana tirarmos algumas conclusões:

  • O país aproveitou o gancho do tema do momento: Copa do Mundo (campanhas / anúncios de oportunidade);
  • Países também são marcas e precisam trabalhar seu branding;
  • Tendência: local branding (procurem no Google);

10530913_500237896788612_9181999068064622057_n

 

E vocês gostam desse tipo de campanha / ação?

Compartilhe!
error0

Imagina o corre corre! #imaginanacopa

Depois da derrota do Brasil para o time da Alemanha ontem, as marcas brasileiras que são patrocinadoras da Copa do Mundo  e da seleção, tiveram que correr (literalmente) para mudar toda a comunicação e o tom de linguagem das suas campanhas.

De primeira, as marcas foram logo para as mídias sociais, onde é possível corrigir este tom o  quanto antes (as mídias mais fáceis e passíveis de edição). Além disso, podemos também perceber que os VT’s (em sua maioria) já foram excluídos da televisão.

Alguns exemplos:

claro-nelson

Captura de Tela 2014-07-09 às 21.25.46 coca-social

 

São essas situações que nos colocam a pensar em algumas questões importantes na gestão de uma marca e que, muitas vezes, por não conhecimento ou até por gestores levados pelo “emocional”, caímos no esquecimento de pensar que não importa a ação/ativação, temos SEMPRE que estarmos atentos as nossas campanhas e pensar numa gestão de crise.

Situações imprevisíveis (como ontem) acontecem, mas em sua maioria é possível a precaução, com um planejamento, caso algo saia fora da curva. São pequenos detalhes que fazem a diferença para um branding bem feito, engajado e assertivo.

 

Compartilhe!
error0

Captura de Tela 2014-06-13 às 14.17.14Para quem ama e acredita que o Marketing de Conteúdo é atualmente a estratégia mais forte e efetiva para uma marca se promover e atrair seu público, este e-book é dos deuses.

Como sabemos, dentro das estratégias da gestão de marcas, o conteúdo é um grande aliado, pois envolve, estreita a relação e faz com que o consumidor (ou potencial cliente) se aproxime da marca. O trabalho para engajar e envolver é ainda mais fácil quando trabalhamos com profundidade e por isso um bom conteúdo é primordial.

Curtiu? Baixe o conteúdo aqui! Aprenda com quem já faz o marketing de conteúdo com excelência.

Compartilhe!
error0

A nova ação da Batavo para promover sua linha de iogurtes com fruta natural de verdade mostrou que branding vai além de um layout alinhado com a marca:

É um conceito único, que precisa ser desmembrado em todos os pontos de contato, inclusive no tom da linguagem e no sentindo que uma ação, ativação ou campanha terá.

Aproveitando que a mensagem principal da linha de iogurtes era mostrar que a fruta usada é de verdade,  a marca criou um anúncio com tinta natural tirada diretamente das frutas!

A tinta foi utilizada para criar uma peça que enfatiza a inspiração na natureza, que a marca utiliza para fabricar seus produtos.

Confira mais detalhes no vídeo:

Compartilhe!
error0

Empreender já foi sinômino de falta de foco, mas de algumas décadas para cá, o pensamento das pessoas foi mudando e é cada vez mais comum esse “espírito” empreendedor. Podemos até falar que já é um ponto crucial para uma marca pessoal a característica empreendedora, pois vem atrelada ao dinamismo, força de vontade, otimismo, proatividade, etc.

Quem não esquece disso é o Sebrae, que sempre apoiou o microempresário e agora traz para São Paulo a primeira escola gratuita de empreendedorismo. O projeto é uma super iniciativa do Sebrae em parceria com o Centro Paula Souza, responsável pelas escolas técnicas (ETECs) e faculdades de tecnologia (Fatecs).

E agora, vamos empreender? Sem desculpas!

Quem se interessou deverá passar por uma espécie de “vestibular”.  As inscrições começam dia 10 de abril. Prepare-se 🙂

 

Compartilhe!
error0

Cada vez mais existe uma nova perspectiva de como se relacionar, consumir, trabalhar, estudar e viver no mundo. O “ser” torna-se muito mais importante que o “ter”. As moedas de troca não serão apenas o dinheiro. Indivíduos aprendem a colaborar, cooperar e trabalhar em redes. Novos grupos (comunidades) estão surgindo, todos impulsionados pela identificação.

logo-roma-clubeUm super exemplo sobre o mundo em comunidades é essa entrevista com o Tato Sernagiotto, apresentador do programa Mestres da Bola e um dos moderadores do Roma Club São Paulo. Ele vai contar um pouco pra gente dessa comunidade (e paixão) que atravessou o oceano, mostrando que quando o interesse é comum entre um grupo, se chega aonde se quer! E foi isso que eles fizeram: se juntaram para formar um grupo de amantes do futebol (na verdade mais que isso: amantes de um clube de futebol ITALIANO).

##

IB: Porque escolheu a Roma para torcer? Como o clube te conquistou?

Em 2004, eu comprei duas camisas da Roma em uma loja, pois achei muito lindas (uma de cor bordô e outra preta). No mesmo ano, assisti a um jogo da Roma pela televisão. Ver aquela torcida, apaixonada e emocionada na Curva Sud (local do estádio Olímpico de Roma aonde fica a torcida organizada) mexeu muito comigo, e eu resolvi me tornar torcedor da Roma desde então.

IB: Conhece um pouco do marketing esportivo que o clube faz? Como classifica?

A Roma agora está encerrando um processo de reformulação. O ex-presidente Franco Sensi faleceu em 2008, e sua filha, Rosella Sensi assumiu o clube. Porém, cheio de dívidas, o clube teve de ser vendido para investidores norte-americanos em 2011. Thomas DiBenedetto, executivo que lidera este grupo de investidores, comprou 60% do clube, sendo que os outros 40% ainda pertencem à Unicredit (banco italiano). Depois disso, James Pallotta assumiu como presidente e desde então, reformulou desde o site do time (que agora tem uma versão decente em inglês) até o elenco do clube, contratando jogadores já renomados e promessas.

Classifico que esse processo de renovação foi de suma importância para o clube, conquistando muitos torcedores e um espaço maior no cenário do futebol italiano e mundial. E  também sabemos que lá fora eles sabem usar muito bem o marketing esportivo à favor do clube e dos patrocinadores. É bem visível que eles já fazem marketing com propósito de marca e de valor.

tato horizontal

IB: Sei que você criou um a comunidade (grupo) do clube. Se inspirou em algo que já existia para outro clube do mundo aqui no Brasil?

Na verdade, eu não criei este grupo. O Roma Club São Paulo foi criado pelo presidente Mario Antonio Turnaturi juntamente com um grupo de amigos, em meados de 2012. Eu já participava de encontros de descendentes italianos e torcedores da Roma para acompanhar tanto os jogos da seleção italiana, quanto os jogos da Roma. Então, o Gilles, amigo meu que já fazia parte do Roma Club São Paulo, me convidou para fazer parte deste grupo de torcedores. É comum que o envolvimento dos participantes da comunidade vão se tornando cada vez maiores. “Comprei” esta ideia!

IB: A iniciativa de criar uma comunidade do clube em São Paulo, como surgiu?

A iniciativa partiu do Mario, com a ideia de juntar torcedores da Roma que moram em São Paulo, para se encontrar, conversar sobre o time, acompanhar os jogos e torcer muito. Reunir pessoas com paixões e princípios semelhantes é sempre maravilhoso.

foto-roma-1

IB: Quais são as iniciativas propostas pela comunidade?

Nós procuramos manter o torcedor romanista informado sobre o time, seja pelo site, pelas redes sociais, ou mesmo nos nossos encontros. Com o crescimento do time da Roma cada vez mais iminente, a frequência desses encontros tem aumentado. Os encontros são um mistura de festa, troca de informações e muito contato!

IB: Qual o objetivo dessa comunidade?

O objetivo é encontrar e reunir o maior número de torcedores da Roma que moram em São Paulo e fazer com que eles se filiem ao clube, e mais que isso, frequentem os encontros em dias de jogos para fazer com que cada vez mais a torcida romanista esteja unida. Hoje, temos contato com diversos “Roma Clubs” ao redor do mundo.

Compartilhe!
error0

Semana passada tive a oportunidade de ir com uma amiga visitar a Exposição Stanley Kubrick, que estava instalada no MIS (Museu de Imagem e Som) há alguns meses.

mis-14410-4_652x408

Realizada em parceria com a Mostra Internacional de Cinema, a exposição reúne a singularidade e excelência do cineasta, desde a escolha do local de montagem da amostra aos detalhes dos totens para exposição dos objetos e as salas, separadas pelos filmes e toda decorada (é impossível não se sentir dentro das produções).

Há um tempo atrás, li um texto do vice-presidente de criação da Ogilvy, Anselmo Ramos, que fez uma reflexão sobre o papel das emoções para o envolver as pessoas e as marcas. Segundo ele, “o que o ser humano quer, no fundo, é sentir algum tipo de emoção e, paga por isso cada vez que entra em um cinema, parque de diversões, show, etc”.

IMAGENS-STRANGELOVE

Não teve como esquecer dessas palavras quando entrei na exibição de Stanley. Os responsáveis pela amostra, pensaram em CADA detalhe, para até pessoas que como eu, que não era super fanáticas pelo Kubrick, se encherem de tamanha emoção e entenderem, de uma vez por todas, a genialidade desse cara!

Parabéns a todos os envolvidos pelo excelente trabalho de gestão de marcas! Em cada sala, cada objeto, cada porta, cada montagem. Emoções a mil em cada passo!

Para quem ficou curioso com um pouco do que descrevi acima, seguem abaixo algumas fotos bacana e clicando aqui uma galeria pelo site da 37 Mostra de Cinema. Não vai ser igual a estar presente, mas com certeza um gostinho bom já dar para sentir.

photo (1)photo (10)

photo (9)

Compartilhe!
error0