Author

Vanessa Veiga

Browsing

O mundo mudou, a forma de fazer negócios mudou e o comportamento dos consumidores também mudou. O fato é que com o advento da internet muitas mudanças aconteceram e as marcas que não conseguirem se encaixar nesse novo modelo estão fadadas ao fracasso.

Se a sua empresa quer se manter atual, precisa compreender essas modificações e agir diante delas. Uma parte fundamental desse processo é, sem dúvida, entender as transformações pelas quais o comportamento do consumidor vem passando.

Neste post vou mostrar algumas dessas tendências para ajudar você e a sua empresa a lidar com esse novo público.

Acesso à informação

O novo consumidor tem muito mais acesso à informação. Ele lê blogs e sites, acessa redes sociais, troca informações com amigos e conhecidos, pesquisa, enfim, ele está muito mais bem informado e consciente do que quer. Por isso, é importante se relacionar com ele de forma transparente e honesta, já que ele irá consultar outras fontes além da sua página. Em e-commerces é importante oferecer o máximo possível de fotos e descrições, além de um canal de contato que realmente funcione para que o consumidor possa tirar suas dúvidas de forma prática, eficiente e instantânea. Assim, você evita que o cliente busque a informação em outros sites e acabe comprando em um concorrente.

Boca-a-boca

Com o advento da internet o famoso “marketing boca-a-boca” cresceu e apareceu. Agora as pessoas reclamam ou elogiam publicamente nas redes sociais e, principalmente, fazem avaliações e recomendações nos sites de comércio eletrônico. Por isso, você deve ter em mente que as opiniões positivas e negativas sobre seus produtos e serviços com certeza serão consultadas antes que alguém decida fazer negócio com você. Os consumidores são especialmente sensíveis a avaliações negativas e também ficam muito atentos na forma que a sua empresa reage a elas. Por isso, quando receber uma recomendação negativa, é preciso agir com educação, procurando entender o lado do cliente e oferecer uma compensação quando possível.

Comparação de preços

Outra possibilidade trazida pela internet é a comparação de preços. Embora um cliente possa optar por comprar com você por questões como entrega, qualidade de atendimento ou outros critérios, o preço ainda é um fator determinante para a maioria das pessoas. Por isso, é fundamental que você acompanhe sempre os preços praticados pela concorrência, já que os consumidores com certeza estão fazendo isso.

Frete grátis e outros benefícios

Se você tem um e-commerce, vende via whatsapp ou tem qualquer outra modalidade de compra “não-presencial”, é importante levar em conta fatores como frete grátis, cupons de desconto, entre outros benefícios, que influenciam diretamente na decisão de compra dos consumidores.

Experiência de compra

Se a sua relação com os clientes se dá de forma presencial, na sua loja ou escritório, invista na experiência. Os consumidores estão cada vez mais valorizando o ambiente e todos os benefícios intangíveis que a sua empresa pode oferecer para ele, como um atendimento personalizado, brindes e outros mimos.

Mobilidade

As pessoas estão cada vez mais grudadas e dependentes dos seus celulares. Por isso, a presença digital da sua empresa precisa estar adaptada à essa nova realidade. Se o site não é responsivo, ou seja, não tem um layout adaptável para tablets e celulares, você precisa investir nisso já.

Facilidades de Pagamento

Além da mobilidade, oferecer diferentes métodos de pagamento deixa seu negócio muito mais atrativo para os clientes, principalmente no comércio eletrônico. Invista em tecnologias de pagamento online, ou “1-click-buy“.

Como você deve ter percebido, os consumidores estão cada vez mais conectados, informados e empoderados, exigindo uma nova visão das empresas. Mas uma coisa não muda: os consumidores querem se sentir respeitados e bem tratados, por isso, independente de tendências, cuide bem de seus clientes e prospects.

Você tem notado essas novas características nos consumidores? Percebeu mais alguma? Compartilhe a sua opinião com a gente nos comentários.

Compartilhe!
error0

Dia 01, 02 e 03 de Outubro de 2015 aconteceu o II Congresso Internacional de Marcas/Branding em Lajeado – RS, com o tema Conexões e Experiência, a equipe do InfoBranding esteve presente para apresentação de seus artigos de pesquisa e se conectar a grandes nomes e estudiosos do branding mundial.

Confira o vídeo a apresentação oficial do congresso.

Nos próximos dias vocês poderão conferir alguns dos temas que cobrimos, entrevistas que fizemos e muito mais, fiquem ligados. Para facilitar sua navegação, vamos listar os conteúdos abaixo conforme formos disponibilizando, esperamos que aproveitem!

Compartilhe!
error0

Você já ouviu falar em Calendários do Advento ou Advent Calendars?

O Calendário do Advento é uma contagem regressiva para o dia de Natal que teve origem pelos Luteranos Alemães no começo do século XIX, com o passar do tempo virou tradição em toda Europa.

São produzidos em diversos formatos e as datas não precisam estar em ordem, pelo contrário, é mais divertido quando estão embaralhadas para as crianças procurarem o dia correto, pois em cada data há uma portinha a ser aberta e dentro encontra-se um lindo presentinho. Tradicionalmente, os calendários são produzidos para as crianças entrarem no clima de Natal e as surpresas são doces ou chocolates, porém diversas marcas, desde cosméticos até bebidas estão entrando na onda para atrair o público adulto.

Confira abaixo alguns exemplos de Advent Calendars.

Benefit Cosmetics (Link para o site)

Benefit-Cosmetics

 

Chocolates Lindt (Link para o site)

lindt

Drinks by The Dram (Link para o site)

Whisky-Advent
Aplicativo Milka

Ano passado a Milka já trouxe o calendário para o mundo digital. Ao comprar o calendário físico o usuário ganha em cada presentinho um código para debloquear novos conteúdos para IOS ou Android App. Confira o vídeo.

Demorou para as marcas brasileiras começarem a fazer por aqui, não acha? Eu compraria com certeza!

Fonte: http://www.creativebloq.com/design/24-advent-calendar-designs-11121296

Compartilhe!
error0

Sabe quando somos crianças e nossas mães não nos deixa correr na chuva para nos proteger da gripe e nossa reação é: – Mãe, você é muito chata!

É o que o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONANDA está fazendo com os profissionais de comunicação e ainda pior, a diversão e a magia da infância está sendo afetada.

Com o argumento de proteger as crianças e os adolescentes, foi publicado uma resolução em março deste ano que está dando o que falar nas redes sociais. Na publicação fica muito claro que qualquer tipo de mídia será afetada: on-line ou off-line. Todas as formas de comunicação, como:

–          Anúncios impressos;

–          Comerciais televisivos;

–          Spots de rádio;

–          Banners e páginas na internet;

–          Embalagens;

–          Promoções;

–          Merchandising;

–          Ações por meio de shows, apresentações e disposição dos produtos nos pontos de vendas.

O texto ainda diz que considera abusiva a prática da publicidade e de comunicação à crianças com a intenção de persuadi-las para o consumo de qualquer produto ou serviço com os seguintes aspectos:

–          Linguagem infantil, efeitos especiais e excesso de cores;

–          Trilhas sonoras de músicas infantis ou cantadas por vozes de criança;

–          Representação de criança;

–          Pessoas ou celebridades com apelo ao público infantil;

–          Personagens ou apresentadores infantis;

–          Desenho animado ou de animação;

–          Bonecos ou similares;

–          Promoção com distribuição de prêmios ou de brindes colecionáveis ou com apelos ao público infantil; e

–          Promoção com competições ou jogos com apelo ao público infantil.

Agora eu me pergunto – Como será chato ser criança de agora em diante, não?

Se essa lei fosse aplicada em épocas passadas, não teríamos o comercial dos Mamíferos da Parmalat, e a campanha de colecionar as pelúcias?

Os cachinhos dos Shampoos Johnson’s Baby?

Os relógios da Coca-Cola que batia no pulso e enrolava? E o que será dos produtos licenciados?

–          Geleias, frutas, goiabada, achocolatados: Seninha, Turma da Mônica, Disney e muitos outros?

–          Todinho, o que será do Todinho?

Até o Zé Gotinha do SUS vai entrar nessa proibição, pois os personagens serão instintos!

Para quem quiser ler a resolução na integra, aqui esta o link:

http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=1&pagina=4&data=04%2F04%2F2014

Como disse no início deste texto, com o argumento de proteger a infância essa lei transformará as crianças em adultos precoces. A diversão acabou!

Tomou?

Compartilhe!
error0

Criar a marca e colocá-la na internet parece fácil, mas ainda existem muitas empresas cometendo erros básicos como utilização de e-mails gratuitos para se comunicar com seus clientes e fornecedores. Com o mercado cada vez mais competitivo, erros pequenos fazem com que sua empresa perca credibilidade e abra passagem para a concorrência.

Neste artigo vou mostrar 5 dicas básicas para não borrar a marca da sua empresa no mundo digital.

 5-Steps-for-Monitoring-Social-Media-Successfully-11. Crie um site qualificado para sua marca:

Não importa se existam blogs, redes sociais ou qualquer outro veículo online, o primeiro passo para que sua marca tenha relevância com o seu público-alvo é ter um site de qualidade. Isso significa ter um domínio com o nome da sua empresa (ou seu nome caso seja profissional liberal) o www.seunome.com.br é a referencia de qualidade em seus serviços e produtos.

Com esse endereço você pode ter um e-mail contato@seunome.com.br que gera mais credibilidade do que um e-mail uol.com.br, gmail.com, yahoo.com ou qualquer outro. Para o mercado um domínio próprio indica seu profissionalismo.

Quando me refiro a site de qualidade quero dizer que seu site deve ser estruturado para seus objetivos como empresa ou profissional. Se você quer vender mais, ele precisa atrair contatos que possam gerar vendas, se você tem um site e não recebe formulários de contato, há algum problema. Pode ser o conteúdo contido nele, pode ser que não esteja sendo indexado em sites de busca, pode ser diversos motivos. Procure uma empresa qualificada para te ajudar a fazer com que seus objetivos sejam alcançados.

 2. Crie um blog dentro do seu site:

Gerar conteúdo para o público alvo que você deseja atingir cria relevância nos sites de busca, ajuda no ranking de pesquisas gratuitas, demostra sua autonomia sobre o assunto que você se propôs a trabalhar, auxilia no processo de vendas e o mais importante, gera credibilidade para sua marca. Além de tudo isso, você se mantem atualizado, pois escrever conteúdo o obriga a ler e buscar informações sobre seu segmento.

Seu blog deve ter um cadastro de assinaturas RSS, desta forma quando um novo post for publicado as pessoas cadastradas poderão ser automaticamente avisadas sobre o novo conteúdo.

3. Utilize as redes sociais como canal de relacionamento com seu público:

Se você não tem tempo para gerenciar várias redes sociais, eleja pelo menos uma como principal. Verifique onde esta o seu público que deseja atingir e tenha uma conta para promover o conteúdo do blog que você escreve, informações sobre o mercado, novidades sobre seu negócios. Crie relacionamento, converse e troque informações.

4. Unifique as informações:

Divulgue o endereço de seu site em seus cartões de visitas, assinatura de e-mail, folder, pastas, papel timbrado, boletos bancários, todos os canais que você envie a seu público ou clientes deve estar com seu endereço digital.

5. Tenha seus contatos organizados:

Todos os contatos gerados devem ser arquivados com as principais informações: nome, e-mail, telefone e endereço físico, assim você poderá promover ações de mala direta ou e-mail marketing.

Compartilhe!
error0

259cd6b4544b9cc797303832a883d50dSim, estamos falando da Cacau Show, uma marca criada por dona Vilma Costa, mãe de Alexandre Costa que fundou a maior rede de chocolates do Brasil em 1989 com 17 anos de idade.

A Cacau Show nasceu com o objetivo de transmitir emoção as pessoas que comprassem seus chocolates, de levar momentos de felicidade através de produtos derivados do cacau e é com esse desejo que a marca cresce a cada dia.

A emoção da matéria prima é transformada para seus funcionários através de rituais emocionantes que unem presidente, gerentes e colaboradores. Uma empresa gerida de pessoas para pessoas, que conta e faz parte das histórias de seus colaboradores e consumidores.

Melhor do que escrever um artigo sobre essa marca, explicar como funciona sua gestão, tentar passar através de textos a emoção que tive ao saber como cada ritual é feito dentro da empresa; é mostrar o vídeo onde Alexandre Costa conta sua história de sucesso.

Confira abaixo o vídeo que me fez emocionar ao conhecer o ritual da última caixa e descubra como essa marca mereceu estar no Top Of Mind em lojas especializadas como a marca de chocolates finos em 2009.

Compartilhe!
error0

Os empresários sempre deram muito valor ao departamento de vendas, muitos o intitulam como o coração da empresa, se o comercial não faz seu trabalho o resto da empresa não funciona. Porém, não adianta ter vendedores que superam metas se após a assinatura do contrato o cliente não se sente satisfeito.

Já parou para pensar o quanto custa para sua empresa fechar um novo negócio? Faça as contas, você pode se surpreender com o resultado.

– Primeiro some todos os custos com marketing, equipe de vendas e ações feitas para captar novos clientes no mês passado, depois disso divida o resultado com o número de clientes conquistados no mesmo período, pronto você terá quanto custa para sua empresa atrair um novo cliente.

Em média atrair um cliente novo custa a empresa cinco vezes mais do que fidelizar um já existente. Está ai a importância do pós-venda!

Separei três ações para ajudar aos empresários iniciarem um pós-venda eficiente que consistem em organizar informações, captar experiências e entregar soluções.

1) Organizar Informações – utilize um CRM: Alguns de meus clientes me perguntam se utilizo ou tenho algum para indicar e sempre falo do Agendor (agendor.com.br), não é um CRM caro e possui um plano gratuito. Além de ajudar nas etapas de vendas, ele é muito útil no pós-venda e fácil de gerenciar. O CRM facilita a comunicação com a equipe, análise dos resultados e organiza as informações das vendas para serem utilizadas no pós-venda.

Nesta ferramenta você tem a possibilidade de cadastrar todos os clientes efetivos, clientes em potencial, fornecedores, concorrentes e até mesmo criar categorias para seu próprio controle, assim centralizando todos seus cadastros e facilitando seu dia-a-dia.

Você terá também uma agenda de follow-ups, nunca mais vai esquecer de dar retorno aos seus clientes. Histórico de negociação para lembrá-lo do que foi tratado anteriormente e utilizar essas informações nas próximas negociações.

 2) Captar experiências através de Pesquisa de satisfação: Após entregar o produto ou serviço peça ao cliente sua opinião sobre o que lhe foi entregue. Muitas ideias a respeito do que melhorar em seu negócio virá desta pesquisa, porém muitas pessoas não respondem a questionários de satisfação, então a dica é: promova uma ação a seus clientes para que se interessam a lhe dar o feedback tão importante.

Bloomin'Onion-12-Outback-(Maio'08)Um exemplo é a Pesquisa de Satisfação Outback, com o cupom fiscal da última visita a uma loja da rede o consumidor pode entrar no site da marca e preencher a pesquisa, ao final da avaliação o mesmo ganha um aperitivo para a próxima ida ao restaurante. Esse aperitivo é um dos pratos principais ou entrada que o mesmo solicitou em sua vista.

Para fazer a pesquisa de satisfação, você pode usar a ferramenta SurveyMonkey (https://pt.surveymonkey.com) que também tem uma versão gratuita.

3) Entregar soluções com treinamento de Equipe: Treine seus funcionários para que sejam solucionadores de problemas, desta forma eles precisam ouvir mais os clientes, entenderem suas necessidades e depois oferecerem soluções. O que percebo no mercado é que as empresas fazem o que os clientes pedem na sede de vender mais e mais, entretanto, nem sempre eles sabem exatamente o que querem, principalmente quando se trata da venda de serviços. Crie um diagnostico para entender qual a verdadeira necessidade de seu cliente e ofereça a solução.

Uma das coisas que temos muito forte na Mitrah é, não fazer o que o cliente manda, sempre perguntamos o por que ele quer aquele serviço feito daquela forma, depois de conversarmos na maioria das vezes oferecemos soluções diferentes do que eles procuram, mas com o resultado final esperado.

Quando você vai ao médico não diz a ele qual o medicamento deve tomar, certo? Ele é o profissional e sabe qual o melhor remédio para seu problema, torne seus colaboradores os especialistas em seu negócio.

Existem muitas outras soluções para se trabalhar o pós-venda, esses três itens que apontei são o que acredito ser o ponto inicial. Se você se interessou pelo assunto, indico a leitura de mais alguns artigos:

A revistas Exame PME edição de Fevereiro de 2014 está com a matéria de capa “Como saber se seu time de vendas é eficiente” que possui diversas dicas de como trabalhar com alguns índices e aplica-los no pós-vendas.

O Portal Administradores também tem um artigo sobre o assunto: Atendimento pós-venda: gestão estratégica da excelênciahttp://www.administradores.com.br/artigos/marketing/atendimento-pos-venda-gestao-estrategica-da-excelencia/43830/

A revista HSM Management edição Março/Abril 2014 está com a matéria: Premiar o cliente atual ou o novo: eis a questão corporativa.

Compartilhe!
error0

foto-enqueteGalera que curte e ajuda a fazer o InfoBranding, realizamos anualmente o Diálogo InfoBranding, evento gratuito que conta com palestras referentes a um tema estabelecido.

No 1º Diálogo falamos sobre Design e Inovação, no 2º, de Branding e Marketing Esportivo. Porém, o tema do 3º Diálogo InfoBranding quem escolhe é você! Vote no seu assunto favorito, convide seus amigos, o tema mais votado será apresentado no nosso próximo diálogo.

Votação Encerrada!

 

 

Compartilhe!
error0

popupstore-airwickSemana passada postamos um artigo sobre a fragrância através do som e imagens que contava sobre uma ação que a Air Wick fez no Shopping Eldorado em São Paulo, e não é que a marca ataca novamente com suas ações sensoriais?

A Air Wick conta com dois pop up stores em shoppings da Capital Paulista e com esta ação a empresa visa apresentar aos consumidores todos os itens da linha Home Perfume Collection em um ponto de venda exclusivo que promove uma experiência sensorial com os produtos.

A grande novidade é a Vela Perfumada que Muda de Cor, opção decorativa inovadora com tecnologia exclusiva no país que une agradáveis fragrâncias a um fascinante jogo de luzes. Todos os itens da linha Home Perfume Collection podem ser adquiridos nas pop up stores de Air Wick até 30 de outubro.

Confira os endereços disponíveis dos quiosque:

Shopping Morumbi, Piso Superior
Endereço: Av. Roque Petroni Júnior – Itaim Bibi, São Paulo-SP
Data: todos os dias, até 30 de outubro de 2013
Horário: 10h/22h (seg. a sab.); 14h/20h (dom.).

Shopping Anália Franco, Piso Orquídea
Endereço: Av. Regente Feijó, 1739 – Jd. Anália Franco, São Paulo-SP
Data: todos os dias, até 30 de outubro de 2013
Horário: 10h/22h (seg. a sab.); 14h/20h (dom.).

Agora você pode dar um presentinho surpresa para a sua casa depois que voltar das compras no Shopping.

Compartilhe!
error0

stand

Em julho de 2012, sim já se passou mais de um ano, eu fui impactada por uma ação que a marca Bom Ar Air Wick promoveu no shopping Eldorado em São Paulo. Foi uma experiência tão marcante que acredito ser importante compartilhar aqui depois de tanto tempo.

Na época a Air Wick estava lançando uma nova linha de produtos para casa, a Home Perfume Collection e um comercial para promover os três produtos da linha: Soft Perfume, Difusor e Elétrico Liquido. Para ficar claro a ação é importante relembrarmos o comercial.

Para demonstrar as fragrâncias através do comercial, a empresa utilizou-se de um recurso de cores, afinal não conseguimos passar o cheiro através de nossas TVs, certo? Mas ai que estava a grande sacada da ação, a marca criou um brand experience no Shopping Eldorado que conversava com a campanha que estava em veiculação. E como funcionava?

Foi montado um stand no hall de entrada do Shopping, uma espécie de casa, onde o consumidor entrava e vivia a experiência. No momento em que entrei na sala vi um ambiente todo branco sem móveis, mas após alguns segundos começava o espetáculo. Uma narração comentava vários estilos de mulheres, exemplo: “Você que gosta de liberdade, viaja para o campo, é aventureira criamos o Soft Perfume que como você…” Neste momento o ambiente todo mudava através de uma projeção mapeada e você via exatamente o seu perfil ser montado naquela sala, após falar do perfil, as luzes focavam no produto em um ponto da sala e a fragrância saia através das luzes brilhantes, como no comercial veiculado na TV. Abaixo você pode conferir como era a dinâmica da sala.

Com essa junção de som, imagens e experiência a empresa apresentava os três produtos da linha e a sensação que eu tive quando sai foi: UAU, criaram um produto com a minha personalidade e agora posso deixar a minha casa com a minha cara. Que máximo! – Minha experiência foi SEN-SA-CIO-NAL! Quando o espetáculo acabou, sai por uma porta a frente, as consultoras apresentavam as fragrâncias disponíveis para cada produto e você poderia levar amostras para casa.

Analise da Ação:

[list type=”check”]

  • Conceito integrado: O slogan da marca é “Surpreenda-se com novos ares” e realmente esta ação surpreendeu as pessoas que a vivenciaram.
  • Gerar valor através da emoção: A sensação de ser especial para a empresa, de criar um produto com a minha personalidade, gerou o valor agregado.
  • A surpresa: como disse no item ‘conceito integrado’, nunca eu iria imaginar que a sala se transformaria de acordo com o produto apresentado, é a experiência dos efeitos visuais utilizados na TV, ao vivo, como se eu estivesse dentro do comercial.
  • Visão, audição e olfato juntos: a junção foi perfeita, além de entender os tipos de produtos, pude experimentá-los e ainda levar um presentinho para minha casa.

[/list]

Uma ação criativa e inovadora, com certeza!

Agência responsável pela ação: Marketing House
Produtora da projeção mapeada: 5D Experience

A tecnologia utilizada nesta ação é chamada de Projeção Mapeada.

Obs. Hoje a linha Home Perfume Collection conta com mais dois produtos: Velas aromatizadas e velas aromatizadas que mudam de cor. www.airwick.com.br

Compartilhe!
error0