fbpx

Branding: um olhar para Portugal

Minha experiência de 5 anos aqui em Portugal me fez entender a compreensão e a necessidade
do Branding para as empresas portuguesas que aqui existem e as que estão para acontecer.

Existem nichos muito interessantes e bem trabalhados relacionados aos segmentos de vinhos,
hotelaria e gastronomia.

No setor de vinhos, promove-se experiências diferenciadas aos clientes, com visitas e
harmonizações, envolvimento com a história, que na grande maioria é familiar, ambientalização
temática, conhecimento profundo dos processos e da matéria-prima, verdadeiros deleites em
paisagens únicas e inesquecíveis.

O envolvimento torna a experiência memorável e a conexão é estabelecida. Todo o cenário é criado e idealizado para a absorção do conceito e satisfação do cliente. São “Quintas” voltadas a esse serviço e, muitas delas, somam com os demais segmentos de hotelaria ou gastronomia.

O mesmo acontece no setor de restaurantes, onde a regionalidade se apresenta com suas histórias particulares e pitorescas, em pequenas e charmosas aldeias, casas de pedras, lareiras, parreiras ao lado…sabores, aromas, cores e luzes que inebriam e conquistam o amante da boa mesa. E assim se estende também aos grandes centros, onde “chefs” de renome promovem verdadeiros banquetes para o deleite de seus públicos, fidelizando com um bom e detalhado atendimento, regado a vinho português, é claro.

No verão as praias são repletas de Beach Clubs, que trazem renovação e colorido ao consumidor que deseja despojamento, mas com conforto. Portanto, são requintados nas instalações charmosas, serviços de excelência e na oferta de boa comida e ambiente. Mas há de se buscar esses momentos, não é uma regra geral, são grandes achados que trabalham muito bem seu produto/serviço, gerando oportunidade também a profissionais que possam construir essa proposta agregando valor a suas marcas.

O mesmo acontece com hotéis SPAs requintados em meio a vinícolas, serras, nas terras extensas do Alentejo, em lugares diferenciados às margens de rios como o Vale do Douro, onde a modernidade dos projetos promovem total encantamento.

Verdadeiras experiências em terras lusitanas, enriquecidas por um branding bem construído e de oportunidades.

É fato que, nesse perfil de negócio, as marcas definem bem seu posicionamento e buscam clientes e turistas que se conectam com sua oferta e realidade.

Para pequenos comerciantes e investidores, de forma geral e em vários segmentos, o branding é visto apenas como identidade visual, diferenciando da proposta de construção de marca que os citados acima fazem com maestria.

Contudo, é notória a necessidade que vem surgindo de se atualizarem e buscarem formas integradas de comunicação para seus negócios, diante da forte imigração que acontece no país nesses últimos tempos, onde brasileiros, franceses, ingleses, chineses e outras etnias vieram buscar em Portugal um lugar para viver. Viver bem, seguros, felizes e ávidos ao consumo das ofertas locais.

Por Melânia Puccini Caramez: Graduada em Letras Francês/Português pela Uni Santos Santos SP. Graduada em Propaganda e Marketing pela Universidade Paulista SP, com MBA em Branding pela Anhembi Morumbi. Nascida no Rio de Janeiro, possui desenvolvimento profissional com 28 anos no segmento de Moda, em empresas como: Barred’s, Reserva Natural, Kandinsky, Mr Kitsh. Foi responsável pela franquias das Marcas e lojas mono marcas, na área comercial e marketing, comunicação e eventos. Possui vasta experiência em implantação de lojas, treinamento de equipes, assessoria na equipe de estilo. Elaboração de catálogos das coleções, look book, desfiles e workshop, contratações de equipes de venda, mídias impressas e sociais, projetos de renovação de lojas, implementação de projetos institucionais e coordenação dos mesmos. Com foco em sustentabilidade, cultura e esporte (social).