Paixão… aquele sentimento intenso que nos enche de entusiasmo e nos mantém vidrados no objeto que a desperta. Geralmente utilizada para designar a sensação compartilhada entre duas pessoas, a palavra paixão também pode ser empregada com propriedade para fazer referência à maneira como os profissionais encaram seu trabalho.

Agir com intensidade e entusiasmo, ou seja, de maneira apaixonada, traz à tona os benefícios inquestionáveis da dedicação e da realização pessoal; benefícios tão ou até mesmo mais importantes que a remuneração monetária propriamente dita.

“Quando o objeto de trabalho é uma marca que precisa ser gerenciada a paixão é um aspecto que ganha ainda mais importância e configura um desafio muito maior, afinal, além de sermos apaixonados por aquela marca, precisamos garantir que todos aqueles que entram em contato com ela compartilhem do mesmo sentimento.”

Mas como fazer isso? Como engajar toda a equipe e colaboradores externos a agirem com a mesma paixão em relação a marca? Embora o processo de aplicação seja árduo e complexo, a resposta a essa pergunta é extremamente simples: criando identificação e desenvolvendo vínculos emocionais e relacionamentos entre as pessoas e a marca.

É nesse ponto que o propósito de marca revela toda a sua importância e potencial estratégico. É ele que garante que o objetivo principal da marca seja vivenciado e experimentado todos os dias, em todas as ações, pontos de contato e por todos os colaboradores e pessoas que se relacionam com a marca.

Segundo os conceitos apresentados por Nikos Mourkogiannis1 em seu livro “Purpose: The Starting Point of Great Companies” o propósito é a linha condutora central, pautada em valores, a partir das quais todas as estratégias e táticas são desdobradas e estruturadas.

Por ser pautado em valores, o propósito é algo exclusivo e autêntico de cada marca. São esses valores que garantem os vínculos emocionais com as pessoas que entram em contato com a marca, garantindo que o processo não seja forçado, mas sim trabalhado e incentivado sobre bases sólidas e autênticas.

Uma marca que se preocupa em construir sua equipe através do compartilhamento dos mesmos valores, tem maiores chances de manter engajamento, auto-estima, comprometimento e satisfação; formando uma equipe com maiores chances de atuar com paixão. E por consequência tem maiores chances de ser autêntica e construir vínculos com seus clientes, obtendo vantagens competitivas.

ACADEMIA DISNEY - AF.aiUm excelente exemplo é a Disney com seus programas de treinamento da Disney University, relatados de maneira inspiradora no livro “Academia Disney: O programa de treinamento de uma das mais poderosas marcas do mundo”2 de Doug Lipp. Ao longo de suas páginas fica claro a importância de relacionar os valores da marca em todos os momentos da gestão de equipes.

Foi lendo este livro que me inspirei a refletir sobre o próprio InfoBranding, marca cujos 12 gestores fazem “das tripas coração” para realizar um bom trabalho e cumprir o propósito de descomplicar o branding e torná-lo acessível.

Toda a paixão que a equipe deposita em sua atuação é canalizada pelo propósito da marca e direcionada de forma a entregar o melhor resultado possível. Processo que não é nada fácil, que desgasta, gera desentendimentos pontuais e discussões, mas, que no final, é extremamente gratificante.

No InfoBranding cada membro tem sua função e seu valor, todos colaboram para entregar os melhores artigos possíveis, realizar os eventos mais satisfatórios e disponibilizar o conteúdo que agrade aos que acreditam na marca da melhor maneira possível.

Durante os eventos, cada integrante está lá com o objetivo maior de “fazer o evento acontecer”, ajudando na recepção, na organização do coffee, na limpeza, nos testes de som, na disponibilização do microfone na hora das perguntas, enfim, cada integrante está lá atuando com paixão, fazendo o propósito do InfoBranding acontecer.

É por isso que o título do artigo faz referência a tradicional expressão popular “das tripas coração”. Ela representa muito bem o engajamento que as marcas procuram e precisam encontrar em sua equipe de colaboradores. Pois é esse sentimento, pautado em valores e orientado pelo propósito, que permite que as práticas de liderança e endobranding sejam bem aplicadas.

Ao pensar nesses pontos é quase impossível deixar de estabelecer paralelos com os lugares onde trabalhamos, com as marcas que representamos, afinal, marca e empresa são uma coisa só, e conhecer bem seu propósito, posicionamento, valores e personalidade, garante, em todos os momentos, uma percepção satisfatória por parte do público, tanto externo quanto interno.

Fazer esse tipo de paralelo é saudável, pois permite detectar possíveis problemas, oportunidades e, acima de tudo, essa prática permite que a marca sempre esteja ciente de si mesma e evolua de forma alinhada ao seu público.

Lembre-se: manter o foco no propósito e disseminar os valores da marca desenvolve uma cultura positiva, na qual a marca só tem a ganhar e se valorizar.

E você, já fez esse tipo de relação com a marca que representa? Vale a pena!

Referências:

1MOURKOGIANNIS, Nikos. Purpose: The starting point of great companies. New York: Palgrave Macmillan, 2006.

2LIPP, Doug. Academia Disney: O programa de treinamento de uma das mais poderosas marcas do mundo. São Paulo: Saraiva, 2014.

Compartilhe!
error0
Author

Cofundador e Gestor Executivo de Branding e Design no InfoBranding Profissional de Branding e Design com foco na construção e gestão de marcas. Possui experiência na criação de marcas e identidades visuais para micro e pequenas empresas, eventos bem como em variados projetos editoriais. Autor de diversos artigos sobre branding, design, propósito e estratégia de marca, para o Portal InfoBranding e congressos. Atua como gerente de desenvolvimento em uma editora científica focada em projetos para a indústria farmacêutica. Possui MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, Pós-graduação em Branding/Gestão de Marcas pela Business School São Paulo-BSP e Bacharelado em Design com Habilitação em Comunicação Visual pelo Centro Universitário Senac.

Write A Comment