fbpx

Nespresso traz o casamento perfeito entre arquitetura e paixão pelo café

A Boutique Nespresso é o novíssimo projeto que saiu das pranchetas do escritório LP+A Arquitetura. Localizado na Rua Oscar Freire, meca da moda, na região do Jardins (São Paulo), o layout transcende os limites da arquitetura convencional em cada traço meticulosamente desenhado para capturar a essência do café.

Distribuída em uma área de 441 m², a cafeteria foi uma das pioneiras no novo sistema de atendimento ao cliente, baseado em pilares como flexibilidade e dinamismo para explorar a conexão entre os espaços.

Neste sentido, o programa exigia a materialização de uma ala de vendas interessante e que criasse um elo do visitante do espaço com a grife. Todos os ambientes foram planejados para garantir a livre circulação dos usuários independente de suas limitações de mobilidade.

Para garantir acesso pleno ao segundo pavimento, local onde concentram-se as áreas de treinamento e experiências imersivas, foi instalada uma plataforma elevatória com o objetivo de facilitar a circulação vertical entre espaços.

“Sendo uma empresa de alcance internacional, os projetos das Boutiques Nespresso passam por um processo de tropicalização, para se adequarem às características das cidades brasileiras”, explicam.

Desse modo, o escritório recebeu no briefing da empresa matriz a direção para que a loja fosse singular e que oferecesse experiência que refletisse a alma do paulistano.

Neste sentido, a unidade cravada na região nobre foi entregue dentro de uma atmosfera leve e contemporânea, mas com respeito à tradição do café. A parceria de longa data entre LP+A e o cliente é um diferencial muito importante em relação ao conhecimento do guide internacional, este atributo foi um facilitador na hora de especificar as matérias-primas e a cartela de cores.

“No caso da Boutique Oscar Freire, importamos os pisos e luminárias da Itália para reforçar a identidade da marca com elementos que fazem alusão ao processo de colheita e separação do café”, revelam.

O toque de acolhimento está apoiado em paleta equilibrada de tonalidades que passeia por matizes terrosos como o marrom, o dourado e o amadeirado. Para atender as demandas solicitadas na encomenda do projeto, elaborou-se um espaço de degustação, delineado com intenção de proporcionar aos clientes a oportunidade de saborear e explorar a variedade de cafés da loja.

Por ali, os interessados podem experimentar diferentes blends, aprender sobre as origens e características dos grãos e receber recomendações personalizadas de especialistas.

O piso icônico tipicamente paulista, criação da arquiteta Mirthes Bernardes, com características de pedra-sabão injeta bossa extra à ambientação.

“Quanto à integração da natureza, pensamos em dois elementos complementares: uma grande parede verde, de vegetação natural, além de uma claraboia para sustentar a iluminação do espaço como um todo e auxiliar na manutenção do paisagismo especial”, explicam.

O fator sustentabilidade também contribuiu no fator de alcançar um projeto mais ecológico, desse modo, os profissionais projetaram um sistema de irrigação especial, sem contar que a loja ainda recebeu aplicação de café reciclado nos painéis da fachada e nos tampos das mesas onde está concentrada a parte de negócios, o que ressalta ainda mais a narrativa de décor criativa desta boutique de café.