A fabricante alemã lançou recentemente mais um vídeo para promover a estabilidade de seus novos carros. E o astro do comercial não foi o carro, mas sim uma galinha.

Esse novo vídeo passou de 300 mil visualizações em menos de 24 horas e em quatro dias, já passou de 2 milhões, mais um viral de 2013. Apesar de ter sido uma ideia criativa, está dividindo opiniões, mas quando o assunto envolve o posicionamento da marca, não está de acordo com a estratégia que a Mercedes sempre definiu e principalmente com a maneira que a empresa sempre se comunica com seu público-alvo. Um posicionamento voltado a usuários de maior poder aquisitivo, com mais de 30 anos e geralmente empresários requer uma linguagem mais formal e objetiva, onde o centro de atenção é o carro e seus atributos, jamais podendo ser vinculado a uma galinha.

O vídeo pode entregar o que promete, que é mostrar a total estabilidade do carro, mas dessa maneira, não parece que por trás está uma mas maiores montadoras de carros de luxo do mundo. Ficou claro que foi na intenção de lançar um viral na internet.

Assista outro vídeo da Mercedes-Benz explicando o funcionamento do Magic Body Control e veja a diferença da maneira que a empresa se comunica, que estrategicamente falando, é muito mais de acordo com o posicionamento da fabricante.

Outro comercial criado pela Mercedes Benz para divulgar o novo Classe A no Brasil gerou certa polêmica. A empresa alemã abusou de sua imagem e colocou como trilha sonora da campanha a música mais comentada do momento no mundo do funk, o Ah Lelek lek lek. Assista ao vídeo para entender melhor a jogada com a letra A e o passinho do volante que a Mercedes utilizou para promover a nova versão do seu carro.

A Mercedes não divulgou nenhuma justificativa, mas ficam claras algumas estratégias de marca:

– Aproveitando a moda do funk ostentação, a Mercedes tentou popularizar o seu carro para este público. Esperou que o carro fosse desejado pelos MC’s e que depois disso fosse utilizado em novos clipes;

– Oportunidade de fazer um vídeo viral e gerar repercussão;

– Criar lembrança na memória do consumidor. O vídeo do Lelek foi visto mais de 38 milhões de vezes e saiu em diversos canais de tv, se o carro Classe A fosse lembrando cada vez que o vídeo foi visto, seria um sucesso para a Mercedes.

O que leva a crer nessas estratégias foi o comercial do Classe A foi em outros países, totalmente diferente deste divulgado no Brasil e muito mais de acordo com o posicionamento da marca que estamos acostumados a ver. Se quiser assistir ao vídeo, clique aqui.

Compartilhe!
error0
Author

Write A Comment